quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Narrando Comentários - Episódio XXIII

Olá e bom dia a todos!

Um pouco atrasado devido ao Natal, mas cá estamos nós com o nosso Narrando Comentários!
Não sabe o que é isso? O Narrando Comentários é uma coluna semanal onde nós tiramos dúvidas da comunidade referente ao RPG e aos seus sistemas, com foco em D&D 5ª Edição (por ser mais jogado pela galera). Se você tem alguma dúvida, você pode nos abordar por meio de mensagem no Facebook, mensagem privada no Twitter ou no campo de comentários abaixo.

Agora que você entendeu sobre o Narrando Comentários, vamos às dúvidas da galera!

Obs: Alteramos o formato de perguntas, ela será em formato de texto. Isso ajuda os algoritmos do Google a encontrar as perguntas. 

1 - Jogando com dois players


"Mesa com 2 players vale a pena? Como nivelar? Colocar um NPC junto?"

Acredito que, portanto que você jogue RPG, sempre vale a pena, independente de quantos jogadores irão jogar.
Para realizar o nivelamento, o processo é simples: Basta você pegar a tabela do Guia do Mestre, página 82. Nessa tabela é indicado o quanto de XP é adequado para criar batalhas de nível Fácil à Mortal. Por exemplo, dois jogadores de 1º Nível verão batalhas que rendam 50XP como Fácil e batalhas de 200XP como Mortais. Isso ajuda a equilibrar as coisas e mantém a dificuldade em um nível coeso.
Uma dica importante para jogos com poucos jogadores que dou é: Lembre-se que batalhas com mais de um inimigo aumenta substancialmente a dificuldade do combate. Para calcular a XP correta nesses casos, você pode utilizar a tabela ao lado, chamada de Multiplicadores de Encontro. Lembre-se que essa XP reajustada não é dada como recompensa para os jogadores, ela serve apenas de parâmetro para que você calcule a dificuldade do combate.


2 - Mísseis Mágicos no D&D 3.5


"Em relação à magia Mísseis Mágicos, tem uma feiticeira Nível 4 na mesa, quantos ela pode soltar e qual o dano do míssil? O mestre da mesa disse que por ela ser Nível 4, o dano do míssil é 1d4+4, e ela por ser nível 3 solta 3 mísseis, então o dano de cada míssil é 3d4+12?
Desculpem se não soube me expressar, todos somos bem novatos".

O funcionamento dos Mísseis Mágicos é simples: Ela causa 1d4+1 para cada míssil. Esse valor nunca muda, independente do nível do conjurador.
No entanto, a quantidade de Mísseis aumenta conforme o conjurador ganha mais níveis: 2 no 3º nível, 3 no 5º nível, 4 no 7º nível e 5 no 9º nível. Portanto, por estar no 4º nível, você causará o total de 2d4+2 de dano em um único alvo ou 1d4+1 em dois alvos, portanto que estejam à 4,5m um do outro.

3 - Ataques de Oportunidade no D&D 3.5


"Dúvida sobre Ataque de Oportunidade (ADO): Então, na página 137 (117 em algumas versões), capítulo 8 - combate - tem dizendo que somente duas ações provocam ADO: Sair da área ameaçada e fazer ações predeterminadas segundo a Tabela 8-2.
Só que na Tabela 8-2: Ações em Combate, nas Ações de Movimento, a ação "Movimento" tem  que dizendo que causa ADO. E possui uma nota dizendo o seguinte: "Normalmente, não importa a ação, se o personagem entrar ou sair de uma área ameaçada, ele provocará um ADO. Essa coluna indica se a ação em si (e não o movimento) provoca um ADO.
Bem, essa é a dúvida: E aí, entrar numa área ameaçada provoca ADO ou não?" 

Provavelmente esse foi um erro de edição por parte da Devir. Não, adentrar uma área ameaçada não gera Ataques de Oportunidade, apenas sair de uma área ameaçada.


4 - Benção do Trapaceiro 


"A benção do Trapaceiro (Clérigo da Enganação) só é dada para um aliado? Ou seja, o Clérigo não ganha a benção?"

A descrição da habilidade é bem clara em dizer que "você pode tocar uma criatura voluntária além de você mesmo"
Logo, você não pode se auto designar para a habilidade.



5 - Guerreiro é ruim?


"Caros amigos aventureiros, eu e meu grupo estávamos observando que Guerreiro é o pior dos combatentes do jogo! O que o Guerreiro tem de bom?"

O Guerreiro na verdade é um dos melhores combatentes, na minha opinião. É a única classe que pode realizar quatro ataques usando uma Ação de Ataque em um único turno, tem Proficiência com todas as armas e armaduras, tem Surto de Ação que permite realizar uma nova Ação, ganha os benefícios de Incremento de Habilidade 7x até o nível 20 (as outras classes recebem esse benefício 5x), pode se curar (ainda que pouco), refazer um Teste de Resistência...
E olha que ainda não falamos sobre seus arquétipos.

Um dos grandes pontos fortes de D&D 5E é o grande equilíbrio entre as classes, não existindo uma classe "mais fraca" ou "muito forte".

6 - Esquivando-se


"Alguém pode me ajudar? Se eu realizar uma Jogada de Ataque, eu ainda posso usar a esquiva como ação de combate no mesmo turno?"

Realizar uma Ação de Ataque consome sua Ação, como o próprio nome já diz. Esquivar também consome sua Ação, logo, você precisa optar entre atacar ou esquivar.
A classe Monge pode realizar a ação de Esquivar consumindo uma Ação Bônus, portanto, você ainda pode atacar utilizando sua Ação.

Apenas como lembrete, você pode realizar em um turno:
• Uma Ação;
• Uma Ação Bônus (quando uma habilidade diz que você pode usar Ação Bônus para executá-la);
• Uma Reação (quando uma habilidade diz que você pode usar sua Reação para executá-la);
• Movimentação.

7 - Surto de Ação: Como funciona?


"Dúvida: Um Guerreiro de quinto nível ao usar seu Surto de Ação para realizar sua ação de ataque irá realizar 3 ou 4 ataques? O Surto de Ação te dá mais uma ação e o Ataque Extra te permite realizar 2 ataques quando fixar uma ação de ataque. E se esse guerreiro usar duas armas? Realizará 6 ataques (2 ataques com a mão hábil + 1 ataque com a mão inábil e repetir essa ação com o Surto de Ação)? Ou realizará 8 ataques (2 com a mão hábil +2 com a mão inábil e repetir essa ação com o Surto de Ação)?"

• Um Guerreiro de 5º Nível realizará quatro ataques com seu Surto de Ação: 2 ataques oriundos de seu Ataque Extra, podendo refazer a ação com Surto de Ação.
• Usando uma segunda arma na "mão inábil", o Guerreiro realiza 5 ataques: 2 ataques oriundos de seu Ataque Extra, podendo refazer a ação com Surto de Ação, e o ataque com a mão inábil.
É muito importante ressaltar que atacar com a mão inábil não é uma Ação de Ataque, e sim uma Jogada de Ataque. Você só possui uma Ação Bônus por turno, logo, poderá realizar apenas um ataque dessa forma.

Por último, Surto de Ação te concede apenas uma Ação adicional. Você pode usar sua Ação Bônus aliada a Surto de Ação portanto que você a tenha. Caso você já tenha utilizado-a em alguma habilidade anteriormente em seu turno, você não poderá fazer isso.


8 - Recuperando PV com Regras Opcionais


"Na regra opcional de não recuperar todos os PV's ao final de uma long rest e sim ter que gastar hit dices para recuperar PV, se você está por exemplo no 1º Level e sem hit dice, você faz um Long Rest recuperando 1 hit dice e aí depois gasta para recuperar PV? É assim que funciona? Ou primeiro tem que ter hit dice para gastar para depois recuperar metade total de hit dices (mínimo de 1) que o Long Rest te dá."

Pela regra opcional Cura Lenta, disponível na página 272 do Guia do Mestre, você pode utilizar os Dados de Vida no final do Descanso Longo, já que você não recupera Pontos de Vida no final de um Descanso Longo. Paralelamente, você ganha metade de seus Dados de Vida no final de um Descanso Longo.
Pelo enunciado dizer que ambos ocorrem no final de um Descanso Longo, isso gera conflito no sentido de entender a ordem que as coisas ocorrem:
• Utiliza-se os Dados de Vida para receber PV's e depois recupera os Dados de Vida ou;
• Ganha os Dados de Vida e depois você pode utilizá-los para recuperar Pontos de Vida.

Por lógica, você pode consumir os Dados de Vida recebidos no mesmo Descanso Longo, já que não faz sentido algum você realizar um Descanso Longo, receber os Dados de Vida e ter que realizar um Descanso Curto para recuperar Pontos de Vida utilizando os Dados de Vida.

9 - Olha lá! Um combeiro!!!


"Não vi nada que impeça isso, então deixa eu perguntar aqui, um monge turtle pode acrescentar Sabedoria na CA?
Para mim sim, pois o Turtle não pode adicionar Armadura nem Destreza, mas nada diz sobre Sabedoria. Qual a opinião de vocês?"

Para quem não sabe, o Tortle é uma raça para D&D que foi lançada em um suplemento não-oficial chamado Tortle Package, que traz informações adicionais para jogar a aventura Tomb of Annihilation que se passa nas selvas de Chult, além da raça e de uma aventura.

Tortle D&D
Para quem não sabe, esse é a raça Tortle

A regra de CA diz que "se você possui vários recursos que concedem diferentes formas de calcular a CA, você só pode se beneficiar de uma delas". Logo, ou você utiliza a CA natural do Tortle (17 de CA) ou você utiliza o Modificador de Destreza + Modificador de Sabedoria do Monge.


Por hoje é só pessoal!
Espero que tenham curtido nosso post! Lembrando que temos post 5x na semana, então não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e nos seguir no Twitter para não perder nenhuma novidade.

Até a próxima!

Outras postagens que você pode gostar!
Veja as criações de nosso Blog. Temos arquétipos, aventuras, monstros, tabelas de crítico e muito mais!
Leia outras postagens do Narrando Comentários! Se você tem uma dúvida, nós poderemos ter a resposta!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados

House-Rule para Testes de Habilidade de Mike Mearls para D&D 5E

Olá e boa noite! Tudo tranquilo com vocês? Para a galera que acompanha o Twitter dos designers da 5ª Edição de Dungeons and Dragons - ...

Postagem mais visitada