sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Dicas para Jogadores - Entendendo sua Ficha de D&D 5E (parte III)

Olá e boa noite a todos!

Estamos de volta com nossa saga para entender a ficha de D&D Quinta Edição, ou D&D Next. Na parte I, nós tratamos sobre a Distribuição de atributos e Perícias, enquanto que no nosso último post, falamos sobre CA, Testes de Resistência, Deslocamento, Perícia e Iniciativa. Se você não leu os posts anteriores, clique aqui e saiba mais.

Indo ao que interessa, hoje falaremos mais sobre os Pontos de Vida, Dados de Vida/Pulsos de Cura e Pontos de Vida Temporários. Vamos nessa?

Pontos de Vida:

Os pontos de vida determinam o quão machucado ou saudável seu personagem está: Um golpe que causa 10 pontos de dano em um Guerreiro que possui 20 pontos de vida é apenas um corte, mas, para o Mago que tem11 pontos de vida, é um golpe quase mortal.
Tão logo, você percebe que Pontos de Vida são importantes para manter seu personagem vivo no combate e para aumentar a chance de sobrevivência do grupo em ambientes hostis.

Certo, mas o que determina quantos pontos de vida eu possuo?

• O primeiro e mais importante ponto determinante para sua vida é a sua Classe. A sua classe determina qual é o seu Dado de Vida, ou seja, qual dado você deverá rolar sempre que evoluir. Toda vez que evoluir, você receberá HP (Health Points, abreviação americana para Pontos de Vida) extra de acordo com esse dado. A pequena tabela abaixo apresenta os Dados de Vida existentes e as classes que jogam tais dados.

D12 (dado de 12 lados): Bárbaro;
D10 (dado de 10 lados): Guerreiro, Paladino, Patrulheiro;
D8 (dado de 8 lados): Bardo, Bruxo, Clérigo, Druida, Ladino, Monge;
D6 (dado de 6 lados): Feiticeiro, Mago.

A distinção é clara: Classes "tanques", responsáveis por ficar na linha de frente, possuem mais HP para executar bem sua função, enquanto que classes conjuradoras possuem pouco HP, uma vez que elas dificilmente estarão sobre fogo inimigo (em tese).
Portanto, sempre que um Bárbaro evoluir, ele deverá rolar 1 dado de 12 faces para determinar seu HP, ou, caso queira, poderá utilizar a regra alternativa que determina que o HP extra recebido é igual a Metade do valor do Dado +1. Utilizando essa regra, um Bárbaro recuperaria sempre 7 pontos de vida dessa forma (12/2 = 6, 6+1 = 7). 

• O segundo fator determinante é o Modificador de Constituição. Toda vez que seu personagem evoluir E no primeiro nível, você deverá adicionar o Modificador de Constituição em seu HP. Seguindo essa tese, o Bárbaro que receberia 7 HP do exemplo anterior ainda não adicionou seu Modificador de Constituição em sua vida extra. Como ele possuí Constituição 20, isso indica que seu modificador é +5. Portanto, ele adiciona +5  em seu HP extra, que, adicionado os 7HP do valor médio do dado, resultará em +12 Pontos de Vida.

• O terceiro e último fator determinante é a Raça e alguns Talentos: A Raça Anão da Colina recebe +1 de Vida no primeiro nível e, sempre que evoluir, receberá 1 ponto extra de Vida. Já o Talento Robusto faz você receber 2x seu Nível de Personagem em Pontos de Vida Extra.

Determinando seu HP inicial

Para determinar o seu HP inicial, o processo é simples, como explicado na pequena fórmula abaixo:
Pontos de Vida Iniciais = Valor Máximo do Dado de Vida da Classe + Modificador de Constituição + Modificadores extras, como a Raça Anão da Colina ou o Talento Robusto.

Exemplo: Grog é um Meio-Orc de 1º Nível, que escolheu a classe Bárbaro para jogar. O valor máximo de um Dado de 12 Lados é 12, e seu Modificador de Constituição é igual à +3. Ele não pegou o Talento Robusto. Logo, seus Pontos de Vida Iniciais são 12 + 3, totalizando 15 Pontos de Vida Iniciais.

Determinando HP recebido nos níveis seguintes

Para determinar o HP recebido em níveis seguintes, o processo muda ligeiramente, mas é tão fácil quanto a Vida Inicial:

Pontos de Vida em níveis seguintes: Resultado da rolagem do Dado de Vida (ou valor médio do dado +1) + Modificador de Constituição + Outros Modificadores.

Exemplo: Grog conseguiu evoluir para o nível 2 na segunda sessão. Ele optou por rolar o Dado de Vida do Bárbaro, um D12, e obteve o resultado 9. Seu Modificador de Constituição permaneceu o mesmo, +3. Como ele continua sem possuir o Talento Robusto, ele recebeu 9 + 3 de vida extra, totalizando 12 Pontos de Vida Extra. Somando os 15 Pontos de Vida Iniciais com 12 Pontos de Vida Extra do segundo Nível, Grog agora possuí 27 Pontos de Vida.

Dados de Vida (ou Pulsos de Cura)

Acabamos de ver o que são Dados de Vida, certo? 
Mas, você sabia que é possível que é possível se curar usando seus Dados de Vida?

Sim, é possível! Os Pulsos de Cura foram introduzidos na 4ª Edição, para corrigir um grande "defeito" na Edição 3.5. Na 3.5, alguém, obrigatoriamente,  deveria jogar com um Clérigo ou Druida, com o único intuito de curar o time. Essas classes, que deveriam ser divertidas, se tornam um fardo para quem joga. Então, introduziram os Pulsos de Cura, para que cada jogador pudesse administrar cura para si próprio, diminuindo um pouco essa dependência de suporte. Na 5ª Edição, eles reformularam os Pulsos de Cura e renomearam de Dados de Vida.

Como funciona?

Você possui Dados de Vida igual ao seu nível de Classe. Portanto, se você for um Guerreiro de 3º Nível, você possui três Dados de Vida, e, esses Dados de Cura são dados de 10 faces. Durante um Descanso Curto (um breve intervalo de uma hora), você poderá gastar seus Dados de Cura para recuperar pontos de vida igual. A rolagem funciona da seguinte forma:

Cura dos Dados de Vida = Resultado da rolagem do Dado de Vida + Modificador de Constituição.

Você poderá utilizar essa habilidade até seus Dados de Vida se encerrarem. Para recuperá-los, você poderá realizar um Descanso Longo e recuperar metade do máximo de usos, arredondado pra cima.

Um exemplo de uso: Antes de evoluir para o Nível 2, Grog, o Bárbaro, se feriu por conta de uma flecha que atravessou violentamente seu peito. Então, durante o descanso curto de seu grupo, ele decide utilizar seu Dado de Vida. Ele realiza a rolagem do D12 e obtém um 4 como resultado. Adicionando seu modificador de +3, Grog recuperou 7 Pontos de Vida. Se por acaso Grog ultrapassou seu máximo de vida, a cura sobressalente é perdida. Quando ele realizar um Descanso Longo, ele poderá utilizar novamente seus Dados de Vida.

Pontos de Vida Temporários

Podemos definir Pontos de Vida Temporários como Pontos de Vida Extras. Pontos de Vida Temporário é a única forma existente de você ultrapassar o seu máximo de Pontos de Vida.

Como exatamente funciona?

Como já disse, esses Pontos de Vida Temporários seriam Pontos de Vida Extras: Quando você receber algum ataque, primeiramente você deverá reduzir seus Pontos de Vida Temporários, e, quando eles acabarem, a diferença entre o dano causado e sua Vida Temporária será transferido para sua vida.

Exemplo: Grog estava com 4 Pontos de Vida Temporários quando recebeu uma flechada. Porém, a flecha desferida causou 12 Pontos de Dano. Sendo assim, como o dano causado foi maior que os pontos de vida temporário, a diferença irá reduzir os pontos de vida de Grog. 
Fazendo os cálculos, 12 - 4 = 8. Logo, Grog perderá toda sua Vida Temporária e deverá reduzir seus Pontos de Vida em 8.

Como ganho Pontos de Vida Temporários?

Você só receberá Pontos de Vida Temporários quando alguma habilidade ou magia dizer explicitamente que você ganhará Pontos de Vida Temporários. Um exemplo é a Magia Aprimorar Habilidade usando o Vigor do Urso, a magia Heroísmo e a Manobra do Guerreiro Mestre da Batalha Inspirar.

Pontos de Vida Temporários se somam?

Não. Quando você receber uma nova fonte de Pontos de Vida Temporários, você deverá escolher se você irá optar pelo seus Pontos de Vida Temporários atuais ou adquirir os Pontos de Vida Temporários Novos.

Exemplo: Hex, Bruxo de 5º Nível, possui atualmente 10 Pontos de Vida Temporários por conta da habilidade Sorte do Próprio Obscuro. Porém, Hex conjurou Armadura de Agathys para poder causar dano a quem lhe atacar. No entanto, essa magia concede 15 Pontos de Vida Temporários. 
Como Hex não pode somar os Pontos de Vida Temporários, ele opta por descartar seus Pontos de Vida Temporários atuais e ficar com os Pontos de Vida Temporários concedidos pela Armadura de Agathys.

Quando esses Pontos de Vida Temporários acabam?

Em três hipóteses:
• Quando você receber dano superior à sua Vida Temporária;
• Quando a magia que a concede terminar.
Exemplo: Heroísmo dura 1 minuto.
• Quando não se fala sobre tempo de término, os Pontos de Vida Temporários se encerrarão após um Descanso Longo.

Importante: Pontos de Vida Temporários não servem para recuperar consciência ou estabilizar pessoas com 0 Pontos de Vida. Você recebe os Pontos de Vida Temporários, que poderão absorver quaisquer golpes que seu corpo sofra, mas apenas uma magia que efetivamente cura seus Pontos de Vida lhe farão recobrar a consciência.

Por hoje é só pessoal!
Espero que vossas dúvidas tenham sido sanadas, mas qualquer dúvida, não hesite em comentar abaixo, faremos questão de respondê-lo!

Até Sábado/Domingo!

Link 1 - Atributos e Proficiências: aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados

Promoção de livros de terror e Game of Thrones!

Olá e boa tarde, fãs do RPG! Tudo certo com vocês? Como vocês já sabem, toda terça a gente costuma vasculhar a internet em busca das ...

Postagem mais visitada